quinta-feira, 30 de abril de 2009

Eu Sou Assim...


Amo shopping.
Gosto de sorvete de millho verde.
Sou apaixonada por crianças...Eu teria uns 6.
Gosto de conversar com pessoas mais velhas.
Me dou melhor com pessoas ativas e brincalhonas.
Adoro falar besteira...muita besteira, mas vivo insistindo em papos cabeça.
Sou impulsiva e colérica.
Sou doce e amável.
Cansei de beijar sapos.
Mas ainda acredito em príncipes.
Amadureci através do sofrimento.
Sou mimada, mas também mimo demais as pessoas.
Tenho os melhores amigos do mundo.
Até onde eu sei, não tenho inimigos.
Não suporto qualquer tipo de manipulação.
Não gosto de pessoas enjoadas, apesar de às vezes parecer uma.
Vaidosa, gosto de rosa e salto alto.
Amo dançar qualquer coisa, mas minha sina é a dança do ventre.
Sou Cristã.
Um sonho material - viajar pro Tahiti
Um sonho de vida - ter muitos filhos
Apaixonada pela ciência.
Não sei conviver com mentiras e falsidade.
Não perdoo traição.
Amo petit gateau.
Amo comédia romântica.
Viciada em academia.
Tenho fortes crises de tpm.
Sou ousada.
Quero ter um cachorro rosa com lacinho branco.
Coleciono pelúcias.
O homem da minha vida - Meu pai.
Não resisto à demonstrações de cavalheirismo.
Gosto de "boca". O tipo? Cheinha rs
Prefiro manhãs do que tardes.
Gosto de noites.
Às vezes sou muito compassiva, mais do que deveria.
Me fascina quem olha nos olhos.
Gosto de brincos grandes.
Não ligo pra modelos de celular.
Amo praia.
Gosto de montanha.
Vivo numa serra.
Machismo me irrita.
Arrogância me enoja.
Humildade me conquista.
Prefiro um sorriso do que uma roupa.
Adoro receber flores.
Sou desastrada.
Não muito delicada.
Sou ruim quando tentam me passar pra trás.
Sou brava.
Sou divertida.
Se fazer de vítima não funciona pra mim.
Adoro estudar, mas gosto mais de viajar.
Não acredito em horóscopo e em nada deste nível.
Não resito a uma bagunça.
Sou desorganizada.
Sou responsável.
Sou chorona... Choro até em inauguração de supermercado.
Sou feliz enquanto eu puder sorrir.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Num indo e vindo infinito...


Antiontem, por volta das 2h00 da manhã, eu estava assistindo o programa do Jô. No intervalo comecei a mudar de canal e parei em um (que não me lembro agora) que tocava uma música que há muito tempo eu não ouvia...Meus olhos se encheram de lágrimas. Lágrimas de saudade, de alegria, de revolta, de felicidade...
Impressionante foi o que aquela música me provocou. Comecei a lembrar de muitas coisas que aconteceram na minha infância, por volta dos 6, 7 anos.

Após começar a ouvir aquele som, instantâneamente lembrei das manhãs e tardes que passava com meu pai na praia. Nós adorávamos brincar juntos...Eu subia nas costas dele e ele mergulhava imitando um leão marinho, ele era meu leão marinho!...
Lembrei do sabor do sorvete, senti o cheiro da maresia, lembrei da cor do meu biquíni (azul com babadinhos brancos... e na época era bonito rs).

Lembrei dos castelos de areia que tentei fazer,
Lembrei do meu rosto rosado, da minha risada tímida...

Lembrei das mãos macias dele, do bigode liiiindo,
Lembrei da forma que ele imitava um camelo jogando água em meu rosto,
Lembrei dos dentes certinhos e pequenos, do nariz saliente, da pintinha do ombro esquerdo...

Tudo passa, tudo sempre passará... Como uma onda no mar!



Quanta saudade!

terça-feira, 28 de abril de 2009

Muito bom!


Alguma música já mexeu com você de um jeito absurdo?

Pois é...um dia desses ouvi uma música e depois disso não consigo esquecê-la.



Sorry Seems to be the Hardest Word


Esse Elton John é algo absurdo, o timbre da voz, esse piano que parece tocar sozinho, o estilo... Eu sempre digo que esse cara não é normal!!

e "Blue"... Quanto cara lindo junto, meu Deus!

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Sonhar Sim, Criar Expectativas Nem Sempre


Pois é...quem nunca se sentiu desgostoso quando os resultados são negativos em uma determinada situação?
Motivos internos ou externos, não importa muito....O mal-estar é de lascar!
Principalmente para pessoas impulsivas (like me!), o autocontrole é fundamental nessas horas, tem que saber lhe dar com impulsos e emoções negativas para assim preservar o emocional.

Bom, creio que o primeiro passo a ser seguido nestes casos é ACEITAR a situação, é mais interessante buscar o melhor do que tentar entender o "por que" de tudo isso.

Outra coisa, tudo na vida tem seu lado bom e ruim. Muitas vezes achamos que tal situação não existe nada de bom, nem trazem junto boas oportunidades...Pára pra pensar de forma racional e sincera, você sempre encontra algo bom que pode ser feito a partir daquela situação.

Mas o que nos leva a frustração é a mania de criar "expectativas". Até um ponto é ótimo, mas de forma exagerada e cega é totalmente arriscado.

Toda decisão que tomamos é em razão das expectativas, acontece que muitas vezes criamos expectativas falsas sobre algo ou alguém e, lá na frente, quebramos a cara. Traz junto a decepção, a amargura, o rancor, quando as vezes a culpa é apenas sua, por ter esperado algo que no fundo no fundo você sabia que não aconteceria...

Esperar a fidelidade de alguém, o respeito, o comprometimento, a sinceridade, a amizade, a cumplicidade e por aí vai...

Por que a gente confunde sonho com expectativa?

Porque o sonhar é um passo para a expectativa, o mistério está em saber separar as coisas, em saber DE QUEM ou DO QUE você pode esperar, e DE QUEM ou O QUE você só terá sonhos, e quem realmente merece sonhar os seus sonhos. É preciso não querer se enganar, é preciso prezar pelo respeito, pela verdade...
Exatamente porque nem todo mundo pensa assim!

Escolhas



Nós escolhemos os sons das palavras que queremos ouvir; nós escolhemos o gosto da comida que queremos comer; e da mesma forma, nós devemos escolher o caminho certo a seguir!


Os nossos pensamentos e atitudes devem estar sempre mudando para melhor.

CRTL+ALT+DEL


Imagine você, compromissado com alguém ou pelo menos tentando ser, mas também sem saco pra assumir tudo isso. Tenta causar a maior boa impressão o tempo todo, finge comportamentos irrepreensíveis e pureza no coração....
De repente, você, com seu celular, se enbanana todo e manda um torpedo pra um número errado, xavecando alguém ou puxando conversa...E pior, manda exatamente pra pessoa que você está há caras tentando mostrar algo que não é...responsável, maduro e fiel...GAME OVER!

Ups, a farça acabou!


Ainda bem que existem pessoas um pouco menos tapadas nesse mundo... Eu me mato de rir com essas histórias!!!!

Aiiii pelo menos o meu celular poderia ser da Barbie né...

domingo, 26 de abril de 2009

A Arte....de Julgar os Outros!


Há alturas em que devíamos poder hibernar e, assim, evitar memorizar certas atitudes mesquinhas e individualistas dos que nos cercam. O bom é chegar em casa e desfrutar da brisa que corria há pouco, quando eu subia a serra... Mostrando que independentemente das circustâncias ela está ali pra quem quiser sentir.

Será quando aprenderemos que o ato de julgar é de responsabilidade divina? Por que ser cego e não perceber que a consciência e capacidade humana é tão limitada?...E mesmo assim se achar no direito de 'exigir' comportamentos irrepreensíveis de outrem? Mas...irrepreensível pra quem?

Os julgamentos que fazemos em relação às outras pessoas nos informam sobre tudo aquilo que temos por dentro. A “forma” e o “material” que usamos para julgar os outros residem dentro de nós. Creio que melhor que medir ou apontar o comportamento de alguém seria tomarmos a decisão de visualizar onde tudo isso está dentro de nós mesmos.

Podemos não concordar com a atitude de alguém, afinal o senso crítico é saudável e necessário para a direção da nossa vida. Mas não podemos jamais desprezar ou rotular alguém como indigno de respeito, se assim for, também entraremos nessa lista...Ou você é perfeito????

Nossos julgamentos serão sempre os motivos da nossa liberdade ou da nossa prisão!

Participar ou se calar frente a tal atitude é consentir com ela. Não é pela "imposição" que se ganha uma causa na vida, mas pelo amor... E esse amor inclui também uma posição de respeito.

Quem critica ou condena alguém, está criticando, julgando e condenando uma lei. E se você julga uma lei, você não é alguém que obedece a uma lei, mas alguém que a julga. Ora, só um é o legislador e juiz: Deus!!! E esse Deus odeia sim o pecado....Mas ama absurdamente o pecador. Se fosse diferente o que seria de NÓS?

Que possamos nos lembrar sempre que esse tal "pecador" inclui, sem sombra de dúvidas, você e eu! É pelo amor que acolhemos e pelo ódio que excluímos.

Infelizmente pelo fato de muitas vezes nos calarmos frente a tal atitude - o julgamento - que muitas pessoas se acham no direito de fazê-lo.

"Se alguém bebe muito vinho, não deve dizer: É um erro. Melhor será que diga: Bebeu muito vinho. Antes de teres apurado a razão que levou alguém a proceder daqueles modos, como podes tu saber, em boa verdade, se alguém procedeu bem ou mal? E só deste jeito, ó caro, não correrás o risco de te pronunciar sobre situações falsas tendo-as como situações verdadeiras."

A falta de personalidade e de força ao consentir com certas "manias" que nos cercam, nos impedem de sermos mais transparentes e coerentes com a própria vida.

A verdade liberta!

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Momento Introspecção!


Ficar no quarto ou em qualquer lugar, com seus pensamentos, lendo um livro ou assintindo um filme, não importa....
Às vezes, dá vontade de ficar sozinha!

Deseje o Bem!


Voltando ontem pra casa, eu estava pensando em Deus...Mais especificamente no 'caráter' de Deus. Minha limitada consciência humana pôde então pontuar algumas coisas...

Por que será que às vezes somos tentados a não desejar o bem pra alguém? Frases egoístas do tipo: "Você vai colher tudo o que plantou" - na verdade esta é uma lei natural, não porque Deus está lá de cima anotando tudo o que você fez de errado pra te cobrar arduamente depois e te punir, mas sim porque tudo o que fazemos existe uma consequência, aquela consequência que nós mesmo optamos por correr o risco. Por exemplo, se alguém te fala "Bom Dia" na rua e você não responde, muito provavelmente se essa pessoa te encontrar novamente não irá te cumprimentar ...existem raras exceções. É uma consequência de um erro.

Outra frase: "Te desejo tudo em dobro". Alguém te fez mal, te machucou, te maltratou e etc e você me solta uma dessa...Você acha mesmo que 'expor' alguém ao erro é agir da mesma forma que esse alguém agiu ou simplesmente envergonhá-lo diante de uma reação inversamente proporcional ao que você recebeu? É...eu sei, é difícil! Mas é sabiamente eficaz.

Desejar o bem independente das circunstâncias não é sinônimo de fraqueza, muito pelo contrário. Só consegue agir dessa forma quem é dotado de maturidade emocional, essa que é uma das características mais carentes nos relacionamentos.

Segundo o psicanalista Jung, todos nós carregamos em nosso inconsciente um arquétipo chamado sombra, que é responsável pelos nossos atos e pensamentos violentos e, socialmente, inaceitáveis. A sombra é o lado “primitivo” do homem, que foi gradativamente, durante todo seu processo de “evolução”, sendo reprimida no inconsciente através dum processo social de “educação” (adestramento) que sofremos durante todo o decorrer de nossa história. De vez em quando ela da às caras. Nos momentos em que explodimos numa fúria cega, é ela, nossa amiguinha, que bota lenha na fogueira. O Self, arquétipo responsável pelo “equilíbrio” do inconsciente, é quem da uma “segurada de onda”, canalizando essa violenta energia para outros arquétipos, aliviando-nos, e afundando no sub, cada vez mais, a sombra. Oras, isso é maturidade emocional.


Nos momentos de raiva sei o quanto é difícil 'segurar a onda' (como sugere a idéia do nosso amigo Jung), por isso o ditado: "Conte até dez". Para algumas pessoas isso é mais complicado do que pra outras devido a formação do temperamento. Umas são mais contidas (ex: o fleumático), outras são mais explosivas e impulsivas (ex: colérico e em segunda escala o sanguíneo). Mas é importante ter em mente que o tipo de temperamento não DETERMINA suas reações, afinal todos nós temos a capacidade de superação e auto-avaliação...Ou seja, inteligência. Isso não funcionaria todas as vezes mas o colocaria num hábito comportamental a ser seguido extremamente mais saudável. Consequentemente, a qualidade dos relacionamentos aumentariam.

Deixando um pouco o lado dos relacionamentos e entrando na avaliação da consciência, posso presumir que nenhum indivíduo é totalmente feliz e saudável quando guarda dentro de si uma ira capaz de desejar o mal a quem quer que seja. É como se você tomasse um veneno esperando que a outra pessoa morra.

Tenho uma certa "pena" de pessoas assim, elas são contrariadas (afinal, todos nós somos contrariados de vez em quando) e por enxergarem apenas o que foi limitado pela sua consciência, acabam por proferir palavras de injúria, desejando o mal e até mesmo dizendo: "A mão de Deus vai pesar sobre você". Oras, não coloque Deus no meio da sua ira e descontrole, muito menos difame a imagem de um Deus que prega o perdão e a compaixão.

As lições a vida sempre dá, independente de você ter feito o mal. Desejar o mal é muito mais sério do que a própria ação de quem te fez o mal.

Esse tipo de observação serve para todos nós, caso queiramos qualidade de vida e uma consciência mais tranquila.

A atenção não é por buscar uma imagem boa, muito menos se fingir de "bonzinho" (muuuita gente faz isso)...Mas que esse tipo de pensamento se torne um hábito e que seja de coração. Tenho pra mim que toda e qualquer mentira bonita é pior do que uma verdade feia.


Desejar o bem independente das circunstâncias é uma das maiores virtudes.

É nobreza de caráter!







quarta-feira, 22 de abril de 2009

terça-feira, 21 de abril de 2009

Love


Quem é que nunca se apaixonou? Mas será que a paixão sempre acaba?

Normalmente o cérebro de uma pessoa apaixonada contém grandes quantidades de feniletilamina ( um neurotransmissor). Ela é produzida através de eventos característicos do início de namoro, incluindo no 'pacote' um olhar, a descoberta do outro, do toque novo e etc. São 24 horas de perfeito bem-estar.

Existe então uma necessidade incontrolável de o casal estar junto o tempo todo. E há quem diga que essa feniletamina não vicia...rs eu discordo!

O caso é que nesse período pouco importa a personalidade, se o sujeitinho é chato ou simpático, bonito ou 'meia-boca', se a família é tranquila ou um 'porre'...na verdade, a família nem importa nesse momento. E pior...hipedimensionamos as qualidades, criamos expectativas muitas vezes falsas e... os defeitos? Ah...pouco importam os defeitos, eles não existem mesmo...


Ah...posso contar? Essa incrível feniletamina existe em altíssimos níveis no chocolate...ta aí...depois falam que ela não vicia rs, tô falando...

Quer saber quanto tempo dura essa 'nóia' de feniletamina, né? Pois é...um estudo mostrou que biologicamente nós, seres humanos, somos 'programados' para sentir a paixão ou estarmos apaixonados entre 18 a 30 meses. Siiiim...a paixão tem um tempo de vida, eu diria que até longo o suficiente para que o casal se conheça, copule e reproduza ( desculpem pela frieza, mas biologicamente é isso!...engraçado rs).

Depois disso, essa tal paixão evolui para emoções mais brandas, ou ainda, vc tem a opção de migrar para um outro relacionamento recomeçando todo esse incrível ciclo. Dessa forma, compete aos pombinhos continuar ou não no relacionamento. Em caso de permanecerem unidos e voltados um para o outro, se habituarão a manifestações mais brandas de afetividade como o companheirismo e a tolerância. É isso o que concebemos enquanto amor, ao menos, do ponto de vista fisiológico....biologicamente falando!


Muito, mas muuuuuito dificilmente a paixão dura mais de 2 aninhos! Se tu diz que ama aquele 'ser' por mais de 2 anos é muito provável que seja amor...


E por que sofremos tanto quando levamos um belo 'pé na bunda' nesse período de paixão?

Simples...Tanto a dopamina quanto a feniletilamina estão relacionadas com as endorfinas. E endorfinas viciam. E como todo vício, produz síndrome de abstinência quando somos privados. Todo o sofrimento que passamos quando levamos um fora do objeto de nossa paixão nada mais é do que síndrome de abstinência.


Particularmente posso dizer que essas descobertas são incrivelmente aplicáveis...sou uma amostra 'in vivo' dessas pesquisas...rs. Acho que todos nós podemos falar isso!!! ;)


Mas e o casal que vive 30 anos juntos, declaram amor e etc...podem se apaixonar?

O amor é o sentimento mais absurdo que existe. Absurdo no sentido de que tudo é possível ... e eu acredito que quem ama através da característica 'Eros' (amor entre homem e mulher) vive se apaixonando inúmeras vezes ao longo da vida...só que pela mesma pessoa!


E viva o amor!


Resumo de Novela Mexicana


Românticos, intensos, amor sem medida, nomes compostos, histórias dramáticas, decepções, realizações e o mais importante: Final Feliz!


Luís Fernando? Sérgio Henrique? Carlos Eduardo...


Eu sei que se aparecer na sua frente há um tempo atrás seria uma 'miragem', seu coração dispara... Eu posso até negar que eu sentiria algo, mas analise os fatos...a resposta certa virá.

Eu sinto boba, quando você me abraça, aquela velha e experiente escola de samba rebatendo no meu peito. Pois o meu coração, outro dia disparou com uma foto...uma foto escondida entre minhas lembranças - tonta que eu sou... mal sabia que despararia novamente na sua frente. Como se alguém duvidasse do que aconteceria!

Te tirei do porta - retrato da estante, do quarto, do banheiro, da sala...mas falhei ao tentar tirar do coração.

Às vezes bate uma vontade de te surrar - e você ali sorrindo pra mim com seu sorriso perfeito. Sorriso largo, expressão forte. Não tirei mais, deixei bem onde estava, adiantaria?

Senti saudades suas. Nem sei porque ligo tanto prum sujeito teimoso que procurou alegrias que o afastou do que ele mais quis...e quer. Vou te internar. Se adiantasse... Mas não adianta.

Sou eu sua cura, por isso eu fugi. E sou sua droga, por isso você perdoou.

Já te dei linha demais. To cansada dessa encrenca. Quero paz. Quero uma surra de cotidiano. Quero seu amor exagerado, seu jeito escandalizado, seu sorriso interior.

Feliz por estar de volta ao nosso mundo!


P.S.: ainda vou escrever uma novela.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Alguns Motivos


Alguns motivos pelos quais "alguns" homens gostam tantos de nós - MULHERES!!!


1- Nosso cheirinho é sempre gostoso, mesmo que seja só xampu.

2- Nosso jeitinho de sempre encontrar o lugarzinho certo no ombro e peito de vocês.

3- A facilidade com a qual cabemos em seus braços.

4- O jeito que temos de beijar e, de repente, fazer o mundo ficar perfeito.

5- Como somos encantadoras quando comemos.

6- Levamos horas para nos vestir, mas no final vale a pena.

7- Porque estamos sempre quentinhas, mesmo que esteja fazendo trinta graus abaixo de zero lá fora. (tá...isso não serve pra mim rs).

8- Como sempre ficamos bonitas, mesmo de jeans com camiseta e rabo-de-cavalo.

9- Aquele jeitinho sutil de pedir um elogio.

10- O modo que temos de sempre encontrar as suas mãos.

11- O brilho nos olhos quando sorrimos.

12- O jeito que temos de dizer 'Não vamos brigar mais, não..' (isso tbm não funciona no meu caso rs)

13- A ternura com que beijamos quando nos fazem uma delicadeza.

14- O modo de beijarmos quando ouvimos 'eu te amo'.

15- Pensando bem, só o modo de beijarmos já basta.

16- O modo que temos de nos atirar em seus braços quando choramos.

17- O fato de darmos um tapa achando que vai doer.

18- O jeitinho de dizer 'estou com saudades'.

19- As saudades que sentem de nós.

20- A maneira que nossas lágrimas tem de fazer querer mudar o mundo para que mais nada nos cause dor.

Asneira do Dia


Ás vezes ouço umas asneiras por aí...mas essa me irritou demais. [
Não entendo porque alguns homens ainda acham que mulheres bonitas, loiras e de unhas vermelhas não podem ser inteligentes.

Estive em um instituto pertencente a USP em que concluí o mestrado e estou ingressando no doutorado. Estava eu resolvendo algumas coisas e resolvi parar numa cantina onde os funcionários e alunos deste instituto constumam tomar lanche, café e etc.

Estava pedindo meu delicioso lanche quando chegam dois senhores, muito bem vestidos e discutindo porque o cobalto é extremamente penetrante num determinado produto para fins de esterilização (ótima conversa para mesas de cantina rs), me sentei em uma mesa e de repente olharam para minha cara e cochicharam:

"Não...isso não existe aqui, deve ser visitante."

O outro riu e completou:

"Não precisa estudar pra se dar bem, muito menos tecnologia nuclear...fala sério!".



- O resto não consegui ouvir e acho que foi até melhor.
Agora me diz... de onde vem a idéia de que a falta ou existência da beleza física define se o indivíduo é inteligente ou burro, capaz ou incapaz, se escolhe ter doutorado em energia nuclear ou não???

Será possível que após tanto estudo, beirando os 60 anos, dois senhores ainda pensem dessa forma???
Será que pra ser merecedora do grau de doutora em tecnologia nuclear é necessário ter 20 kilos a mais, não pintar as unhas, andar feito uma 'juda' e ter algum 'tique-nervoso'??

Se a intenção foi chamar a atenção...conseguiram. Talvez não da forma como

gostariam ...
No mínimo patético!

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Versão 2009


Está decidido!

Agora meu mais novo "caos" científico tem por nome : Nanotecnologia. Decidi desenvolver o doutorado nessa linha.

Resumindo, a nanotecnologia é a capacidade potencial de criar coisas a partir do 'menor', do 'minúsculo', usando as técnicas e ferramentas que foram desenvolvidas nos dias de hoje para colocar cada átomo e cada molécula no lugar desejado. Sistema de engenheria molecular que revoluciona o mundo industrial.

Imagine-se o que seria "encolher" todo o conteúdo da Biblioteca Nacional num dispositivo do tamanho de um cubo de açúcar... Ou então desenvolver materiais dez vezes mais resistentes que o aço e com apenas uma fracção do peso... esse é o conceito.


Agradeceria os desejos de 'boa sorte'! :p


Respeito é Bom e Todo Mundo Gosta!





Somente aquele que muito experimentou o amor e o respeito poderá efetivamente vivê-los.
Se por meio da boa educação dos filhos, conhecemos os educadores, pela demonstração do respeito conhecemos a índole e a integridade do homem, que está sempre em formação.
Como a falta de respeito me irrita!


terça-feira, 14 de abril de 2009


"Faz-me bem apanhar vez ou outra a chuva da vida."

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Autocritique-se



1. Quem gasta compulsivamente no presente poderá se angustiar no futuro.

2. Quem acha que o seu sucesso é eterno poderá se deprimir ao descobrir que o sucesso é mais efêmero, passageiro, do que se imagina.

3. Quem se atola de atividade achando que sua saúde é de ferro poderá surpreender-se quando seu corpo entrar em colapso.

4. Quem leva seus estudos na brincadeira se surpreenderá ao descobrir que perdeu os melhores anos para se preparar para uma sociedade que exclui os que brincam com a vida.

5. Quem acha que o amor dura para sempre e não se preocupa em cultivá-lo poderá se assustar quando seu parceiro perder o encanto e pedir o divórcio.

domingo, 12 de abril de 2009

Feliz Páscoa!


Páscoa...


Ressurreição do sorriso, da alegria de viver, do amor.
Ressurreição da amizade e da vontade de ser feliz.
Ressurreição dos sonhos, das lembranças.
E da verdade que esta acima dos ovos de chocolate ou até dos coelhinhos.
Cristo morreu, mas ressuscitou... Amor por mim, amor por você.

Que essa seja a verdade da sua Páscoa!


Feliz Páscoa!!!

sábado, 11 de abril de 2009

Tudo Que Eu Sei!


Ouça como seus dias se explicam.
Desafie o que o futuro mostra.
Tente e mantenha sua cabeça erguida.
Amantes? Esses podem te causar lágrimas!!!
Vá em frente, liberte os seus medos, levante e se dê valor.
Não fique envergonhado em chorar...

Você tem que ser corajoso, você tem que ser mais sábio, você tem que ser duro, você tem que ser valente, você tem que ser mais forte, você tem que ser descolado, você tem que ser calmo, você tem que aguentar firme...

Tudo que eu sei é que o amor vai salvar o dia.

Ouça o que sua mae disse, leia os livros que seu pai leu, tente solucionar os quebra cabeças no seu próprio tempo.
Alguns terão mais dinheiro que você, outros terão outro ponto de vista...
O tempo não faz perguntas, ele continua sem você e te deixando pra trás caso você não consiga manter o passo...

Tudo que eu sei é que só o amor vai salvar o dia!

O Segredo de Saber Viver


O cérebro humano mede o tempo por meio da observação dos movimentos.
Se alguém colocar você dentro de uma sala branca vazia, sem nenhuma mobília, sem portas ou janelas, sem relógio...você começará a perder a noção do tempo.
Por alguns dias, sua mente detectará a passagem do tempo sentindo as reações internas do seu corpo, incluindo os batimentos cardíacos, ciclos de sono, fome, sede e pressão sanguínea.
Isso acontece porque nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento dos objetos, pessoas, sinais naturais e darepetição de eventos cíclicos, como o nascer e o pôr do sol.

Compreendido este ponto, há outra coisa quevocê tem que considerar.

Nosso cérebro é extremamente otimizado. Ele evita fazer duas vezes o mesmo trabalho.
Um adulto médio tem entre 40 e 60 milpensamentos por dia. Qualquer um de nós ficaria louco se océrebro tivesse que processar conscientemente tal quantidade. Por isso, a maior parte destes pensamentos é automatizada e não aparece no índice de eventos do dia e portanto, quando você vive uma experiência pela primeira vez, ele dedica muitos recursos para compreender o que está acontecendo.
É quando você se sente mais vivo!!!
Conforme a mesma experiência vai se repetindo, ele vai simplesmente colocando suas reações no modo automático e 'apagando' as experiências duplicadas. Se você entendeu estes dois pontos, já vai compreender porque parece que o tempo acelera, quando ficamos mais velhos e porque os Natais chegam cada vez mais rapidamente. Quando começamos a dirigir automóveis, tudo parece muito complicado, nossa atenção parece ser requisitada ao máximo.

Então, um dia dirigimos trocando de marcha, olhando os semáforos, lendo os sinais ou até falando ao celular ao mesmotempo.

Como acontece?

Simples: o cérebro já sabe o que estáescrito nas placas (você não lê com os olhos, mas com a imagem anterior, namente); O cérebro já sabe qual marcha trocar (ele simplesmente pega suasexperiências passadas e usa, no lugar de repetir realmente a experiência). Em outras palavras, você não vivenciou aquela experiência, pelo menos para a mente.

Aqueles críticos segundos de troca de marcha, leitura de placa... São apagados de sua noção de passagem do tempo...

Quando você começa a repetir algo exatamenteigual, a mente apaga a experiência repetida.

Conforme envelhecemos, as coisas começam a se repetir - as mesmas ruas, pessoas, problemas, desafios, programas de televisão, reclamações... enfim... as experiências novas (aquelas que fazem a mente parar e pensar de verdade, fazendo com que seu dia pareça ter sido longo e cheio de novidades), vão diminuindo.

Até que tanta coisa se repete que fica difícil dizer o que tivemos de novidade na semana, no ano ou, para algumas pessoas, na década.

Em outras palavras, o que faz o tempo parecer que acelera é a...
ROTINA
Não entenda mal. A rotina é essencial para a vida e otimizamuita coisa, mas a maioria das pessoas ama tanto a rotina que, ao longo davida, seu diário acaba sendo um livro de um só capítulo, repetido todos os anos.

Felizmente há um antídoto para a aceleraçãodo tempo: M & M (Mude e Marque).

Mude, fazendo algo diferente e marque, fazendo um ritual, uma festa ou registros com fotos.
Mude de paisagem, tire férias com a família (sugiro que você tire férias sempre e, preferencialmente, para um lugar quente, um ano, e frio no seguinte) e marque com fotos, cartões postais ecartas.
Tenha filhos (eles destroem a rotina) esempre faça festas de aniversário para eles, e para você (marcando o evento e diferenciando o dia).
Use e abuse dos rituais para tornar momentos especiais diferentes de momentos usuais.
Faça festas de noivado, casamento, 15 anos,bodas disso ou daquilo, bota-foras, participe do aniversário de formatura de sua turma, visite parentes distantes, entre na universidade com 60 anos, troque a cor do cabelo, deixe a barba, tire a barba, compre enfeites diferentes no Natal, vá a shows, cozinhe uma receita nova, tirada de um livro novo.
Escolha roupas diferentes, não pinte a casada mesma cor, faça diferente.
Beije diferente sua paixão e viva com elamomentos diferentes.
Vá a mercados diferentes, leia livros diferentes, busque experiências diferentes.
Seja diferentE!!!
Se você tiver dinheiro, especialmente se jáestiver aposentado, vá com seu marido, esposa ou amigos para outras cidadesou países, veja outras culturas, visite museus estranhos, deguste pratos esquisitos....... em outras palavras.. V-I-V-A. !!
Porque se você viver intensamente as diferenças, o tempo vai parecer mais longo.
E se tiver a sorte de estar casado(a) com alguém disposto(a) a viver e buscar coisas diferentes, seu livro será muito mais longo, muito mais interessante e muito mais v-i-v-o...do que a maioria dos livros da vida que existem por aí.
Cerque-se de amigos.
Amigos com gostos diferentes, vindos de lugares diferentes e que gostam de comidas diferentes.
Enfim, acho que você já entendeu o recado, não é?
Boa sorte em suas experiências para expandir seu tempo, com qualidade, emoção, rituais e vida..

E S CR E VA em tAmaNhos diFeRenTese em CorES dif E rEn tEs !

CRIE, RECORTE, PINTE, RASGUE, MOLHE,DOBRE, PICOTE, INVENTE, REINVENTE.....
Viva a vida!!!

Não se perca em Rotinas...
(art. Folha de S. Paulo)

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Paixão de Cristo


Hoje é reproduzida a narrativa bíblica do sacrifício de Jesus!

Não, não coloquei uma foto representando Jesus morrendo numa cruz...e sim Jesus Vivo, porque Ele ressucitou após ser morto e está vivo!

Porque Ele morreu por amor!!! E morreu, no meu lugar e no seu.
Não façamos dessa morte, que trouxe nova vida a todos nós, uma morte sem nexo. Está em você, dentro de você o espírito de Jesus.

E o sacrifício dEle não teria valor algum se Ele não tivesse ressuscitado. Nosso Salvador subiu aos céus e agora está trabalhando no lugar Santíssimo, ao lado da Arca da Aliança de Deus Pai. Ele se tornou nosso intercessor ou advogado onisciente perante Deus.
A Bíblia diz: 1João 1:9 “se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.”


“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)


"Tudo está consumado!"

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Like A Flower Leaning Toward The Sun


When the world is darker than I can't understand
When nothing turns out the way I planned
When the sky turns grey and there's no end in sight
When I can't sleep through the lonely night
When my insides are wracked with anxiety
You have the touch that will quiet me...

I turn to you like a flower leaning toward the sun!!

Não mais...


Não vou dizer que foi ruim
Também não foi tão bom assim
Não imagine que te quero mal
Apenas não te quero mais...
Não te quero mais....
Não mais...
Nunca maaaaaaaaaais!



Grande Lulu!!!

terça-feira, 7 de abril de 2009

A Fé de uma Criança

video

Edificante!

Fuja Deles!


São várias as atitudes de um homem medíocre, mas lá vão algumas delas.


1. Trair

Não é novidade pra ninguém que alguns homens enxergam as mulheres como um objeto!

Maaas se ele quer pegar todas porque será que entra numa relação?

Porque é INSEGURO, oras!!! Assemelha-se a um homem 'porreta' mas vive numa insegurança constante. Ele precisa de uma mulherzinha fixa pois morre de medo de não conseguir nada com nenhuma outra. Essa mulher fixa é como a fluoxetina...ajuda a relaxar!


2. Proibições incabíveis

Mini-saia? Decote? Unhas vermelhas? Só se for por cima do cadáver dele! Esse ser é tão inseguro que acha que pigmentos vermelhos na sua unha vão caracterizá-la como uma mulher desrespeitosa. Alguns se tornam até agressivos. Amigos? Só os gays e olhe lá!

Eles morrem de medo de que as pessoas se interessem por você. Mas peraí...se ele se interessou por que outros não poderiam? Seria o gosto dele tão ruim assim? Ele não se interessou exatamente quando usava a tal mini-saia? E ah...só pra complementar, eles sempre olham para as que usam tudo isso e se bobear na sua frente!


3. Feminina? Hã?

Ele odeia seu jeito feminino, suas 'frescuras' femininas. O passar do 'gloss' a cada 10 minutos. O pulso dobrado no carregar da bolsa. A florzinha desenhada na sua unha. Seu creme para mãos, pés, axilas, contorno dos olhos e de cotovelos.
Ele não sabe valorizar uma mulher de verdade! Talvez ele prefira um machO!


4. Sistema operativo de alívios

Não sabe o que é paixão, o que é visão de futuro, o que é viver um amor. Ele vive aliviando conflitos nas bebedeiras, baladas, carros, motos, banalização do sexo, mulheres etc etc. Ele só quer aliviar sua vida medíocre e sem sentido através de prazeres temporários e cria um círculo vicioso e destrutivo. Ele é tudo menos interessante.


5. Combater a verdade

Escondem a verdade sempre. Sabe por que? Porque vivem com medo da gente descobrir a sua mediocridade. Eles combatem a verdade. Como? Mentindo e escondendo sempre.


Nunca perca o seu precioso tempo e energia com homens medíocres. Eles precisam muito mais de você do que você deles.

Ignore as reações dele pois ele nunca irá gostar do seu afastamento, da mesma forma que você nunca irá gostar da aproximação dele! Quando detectá-lo...FUJA CORRENDO!


segunda-feira, 6 de abril de 2009

Falso-moralismo


"Ah, esses moralistas... Não há nada que empeste mais do que um desinfetante!" Mário Quintana


Cuidado! Sempre tem um perto de você e pior, são tão convincentes que podem te cegar.... até a hora que você resolver acordar!!
Já conheci algumas pessoas assim...cara de anjo, uma conduta PARECENDO irrepreensível, declarações sólidas, argumentos convincentes, uma capa de bondade... normalmente só contam o que é conveniente e o que os engrandece.
Sofrimentos? Ahh que isso, eles são muito fortes e sábios!
Adoram cuidar da vida dos outros, falar mal então...é rotineiro.
São ótimos amigos....de fachada!!!!

São convincentes com o autoristarismo, hipócritas, artificiais, arrogantes, pedantes, típicos juízes da Inquisição.


E o : "Quem não tem pecado que atire a primeira pedra"??

"O que sua mão direita der ou fizer de bom, que a sua esquerda não fique sabendo"???
Desconhecem essa parte da bíblia!!!

Já repararam que esse tipo de pessoa adora fazer bondades, dar coisas e etc pra depois falar o que fez de bom? "Esses já tiveram a sua recompensa".

A diferença entre falsos-moralistas e pessoas de bom-senso é muito, mas muuuuuuuito grande! Portanto, sempre se julgam pessoas de bom-senso.

Não se preocupe caro hipócrita, o moralismo disfarça tudo isso! Encobre-os com seu véu de bondade, correção e honra e o permite denegrir o próximo, incriminá-lo e reprimi-lo. Então, meu caro, seja moralista...essa é sua saída.

Para esse tipo de pessoa só tenho uma nota: "Dó"


Cuidado com eles!!!

sábado, 4 de abril de 2009

Expressão


Intensidade...expressão...iniciativa...posicionamento...

Por que será que algumas pessoas são mais intensas e vivas do que outras? Não sei! Mas através de um olhar você consegue perceber isso!

Existem pessoas que te olham fundo, os olhos brilham e tanto faz se são verdes, castanhos, azuis ou pretos...eles prendem a atenção.

Outras pessoas já te olham com um olhar frio, sem brilho, cansado, vago...

Acredito que o "olhar" fala muito mais do que qualquer conversa, por isso sempre presto atenção nos olhos quando converso, seja um homem ou uma mulher.


O olhar das pessoas me fascina!...

As pessoas intensas, com esse brilho no olhar, não abrem mão do suar frio, do medo, de chorar, de esperar, de ver o estômago, de ver a vida virando de ponta cabeça (por um instante) e mesmo assim não abrir mão das suas mais pertubadoras emoções. Veja entre parênteses acima "POR UM INSTANTE"... a personalidade intensa sempre espera que a vida pode estar de ponta cabeça por um instante, mas no outro tudo pode mudar.

A inexistência de expressão numa pessoa me perturba...não porque a julgo chata ou 'sem sal', mas porque deve ser muito entediante viver assim, algumas pessoas perdem tempo demais engolindo 'emoções' e deixando a vida passar em 'preto e branco'.

Não sou a favor de um comportamento inconsequente, desmedido, irresponsável ou egoísta. Todos nós temos a capacidade de 'auto-controle' e esse deve ser utilizado sempre que necessário...Desenvolvê-lo é essencial. Mas viver travado com medo do que as pessoas possam pensar é desperdiçar essa vida tão preciosa e abundante que Deus nos deu.

Toda pessoa intensa é sensível, não dá pra ser intenso sem ser extremamente desenvolvido na arte de expressar sentimentos.

A beleza? Ahh a beleza é moleca, com jeito levado, que deixa sorrisos sinceros e, acreditem ou não, sem malícia. Os olhares alheios julgam, mas julgam sem o menor fundamento....coisas externas não traduz um coração.

É amar quando se pode, é sofrer pra esquecer quando é preciso, é aprender que só vale a pena lutar por aquilo que vale a pena possuir!

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Pode falar!


Você, sentado na beira de um lago com lindos e luminosos raios de sol atravessando as árvores, já teve um momento de reflexão e soltou um: "Caracaiiiis...como tem gente intrometida nesse mundo!!!"???

Pois é....ultimamente não é necessário ter um cenário todo desse pra concluir isso!

Não importa o que levou a escrever esse 'post', o que importa é o que a vida me ensina cada dia mais.

Normalmente pessoas intrometidas amam julgar outras pessoas, a "auto-análise" jamais. Ou julgam pelo tom da sua voz, ou pela roupa que veste, ou pela profissão que escolheu, ou pela vida que você leva, ou pelo que aconteceu na sua vida de ruim ou de bom...

"Eu acho que..."
"É a minha opinião"

"Você deveria.."

" Ao meu ver.."

Se você pergunta e/ou pede opinião é uma coisa, agora o ser "amigo", "bondoso", "correto", "moralista", 'expert' em resolver problemas dos outros e etc chegar falando, opinando, alertando, sem ao menos ter sido incluído no caso, sorry, mas é demais!
Isto também pode ser encaixado na tal prepotência, arrogância...
Não se pode comparar com personalidade forte, não! É mesmo gostinho de se meter onde não é chamado!

Alguns promovidos a 'amigos' ou porque namoram seu amigo(a) ou porque te conhecem mesmo, se acham no direito (talvez só porque tenham sido convidado pra uma festinha de aníver sua) de opinar, julgar e até decidir seu futuro!!!! E não é que eles sempre sabem o que é melhor pra você?
Será uma maneira de se imporem? Ou se mostrarem presentes?
Por mim, de lado ou do avesso, são indiferentes!

Seria inveja? Ahhh mais que coisa feia... : /

Seria o 'marasmo' da própria vida?

Ou seria a falta do fenômeno de ´autofluxo´ cerebral onde as informações intelectuais são registradas (caso tenham sido rs) e normalmente expressadas através da fala? Resumindo...."falta do que falar e/ou pensar!" ?

Sei lá...é só pra você, que está lendo isto, reconhecer, quando lhe aparecer na vida um:
"Eu acho que" ou "É a minha opinião".


Fica na sua, bem! Fala com a minha mão! :P