segunda-feira, 30 de março de 2009

Hora de Decidir


Grande Arnaldo Jabour quando disse que na hora de cantar todo mundo enche o peito nas boates, nos bares, levanta os braços, sorri e dispara:

“eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também”.

No entanto, passado o efeito do uísque com energético e dos beijos descompromissados, os adeptos da geração “tribalista” se dirigem aos consultórios terapêuticos, ou alugam os ouvidos do amigo mais próximo e reclamam de solidão, ausência de interesse das pessoas, descaso e rejeição.
A maioria não quer ser de ninguém, mas quer que alguém seja seu.

Não dá, infelizmente, para ficar somente com a cereja do bolo - beijar de língua, namorar e não ser de ninguém. Para comer a cereja é preciso comer o bolo todo e nele, os ingredientes vão além do descompromisso, como:

1. não receber o famoso telefonema no dia seguinte;

2. não saber se está namorando mesmo depois de sair um mês com a mesma pessoa;

3. não se importar se o outro estiver beijando outra, etc, etc, etc.

Desconhece a delícia de assistir a um filme debaixo das cobertas num dia chuvoso comendo pipoca com chocolate quente, o prazer de dormir junto abraçado, roçando os pés sob as cobertas e a troca de cumplicidade, carinho e amor.

Namorar é algo que vai muito além das cobranças. É cuidar do outro e ser cuidado por ele, é telefonar só para dizer bom dia, ter uma boa companhia para ir ao cinema de mãos dadas, fazer tudo por amor, ter alguém para fazer e receber cafuné, um colo para chorar, uma mão para enxugar lágrimas, enfim, é ter “alguém para amar”..

Somos livres para optarmos! E ser livre não é beijar na boca e não ser de ninguém. É ter coragem, ser autêntico e se permitir viver um sentimento...


Talvez seja hora de decidir!

Companheirismo X Individualismo


Aquele que acompanha...

Companheirismo é saber que pode contar com a outra pessoa e ela com você. Sempre. Como se fosse natural e sem ser forçado. Somente quando as pessoas se conhecem e se respeitam, é que elas sabem valorizar os pequenos gestos que demonstram que ser companheiro é fazer parte do dia-a-dia e o que final o resultado é para todos.

O companheirismo esta cada vez mais escasso na lista de qualidades de uma pessoa. Hoje em dia o individualismo predomina a lista das deformacoes de um ser humano.

Creio que muita gente 'desaprendeu' estar com alguém e realmente dividir a vida com essa pessoa.
Hoje em dia a busca pela independencia é tao compulsiva que isso só acaba por mascarar o medo da solidao. Quem nao o tem, nao é? O individualista nao assume isso, mas é o que mais teme!

Ser companheiro é estar disponível sem se anular e, entre um e outro ponto, existe uma linha tenue...CUIDADO!
Ter sua individualidade é saudável e importante, mas quando isso passa a te afastar de pessoas e gerar conflitos desnecessários, deve-se avaliar tal comportamento. Esse mundo cada vez mais ensina a frustrante e mentirosa tese de que ser individualista é mais seguro e promove maior felicidade!

Companheirismo é ter maturidade para demonstrar que você é companheiro, e que valoriza este posicionamento, porque as pessoas vão fazer o mesmo por você. Você planta o que colhe?!

É...tem gente que exagera com isso e passa a querer dominar a vida do outro, obrigando a fazer coisas que nao gosta, IMPOR posicionamentos... Na verdade, creio que ninguém deve impor nada, todos nós temos o direito de fazer o achamos mais certo e assumir as consequencias por isso, quem deve decidir se aceita tal falta de posicionamento é o incomodado...afinal, ninguém é obrigado a fazer nada e o outro também nao é obrigado aceitar.

A resolucao justa desse tipo de impasse que determina o sucesso de um relacionamento. Ambos devem ceder, ceder justamente...cada um avaliar o que é melhor e decidir. Maaaaaas quando um dos lados nao cede...nao tem 'santo' que conserte, vai por mim!!!
Conviver com alguém que amamos é o mesmo que comprar um imenso espelho da alma, no qual, cada um de nossos movimentos é mostrado, sem a mínima piedade. E, é aí que começa o inferninho… Ao invés de encarar a verdade e de ver a imagem temida do verdadeiro “eu”, tenta-se quebrar o “espelho”. Como? Fugindo da intimidade, culpando o outro, e desacreditando o amor...SENDO INDIVIDUALISTA!
Com isso algumas pessoas preferem a individualidade, é mais seguro e foge do genuíno companheirismo.

Quando será que vamos aprender que o amor nao precisa ver tudo belo para se manter:
É na bobice que se fala, na cara inchada pela manha, na meia furada, no bocejar de leao....que o amor amadurece!
Viver com quem se ama nao é apenas uma oportunidade de conhecer o outro, mas é a maior chance de entrar em contato consigo mesmo.
Infelizmente, com o passar dos anos o amor que promove os relacionamentos em geral tem sido muito mais estratégico do que espontâneo. Nas revistas femininas via-se muito esse tipo de atitude: “se ele fizer isso, faça aquilo”, o que foi minando a espontaneidade do amor!

As pessoas precisam ter interesse genuíno no outro...independentemente do que receber. Claro que tudo tem um limite, nao quero aqui defender a 'panaquice', pelo amor.
Todas as maneiras de amar devem ser naturais. Quem fica estudando demais o outro, “mata” a possibilidade de amar alguém. O mundo é feito de absurdos e encontros, os absurdos fazem parte e sao os casos mais absurdos que formam as grandes e lindas estórias de amor.

Quem nao é honesto jamais conseguirá ser companheiro, o egoísmo é o contrário do companheirismo. Nenhum ser egoísta e egocentrico consegue ser companheiro... levar em conta a felicidade do outro mesmo que para isso seja necessário ceder, nao é conveniente para esse tipo de pessoa.

Cada um que avalie sua própria vida e suas próprias atitudes. Somos responsáveis por quase tudo o que acontece com ela.

domingo, 29 de março de 2009

Falando em crianças...

video

Desenhos


Como é bom ser criança...melhor ainda são as lembranças da infância!

Como quase todas as crianças, eu amava desenhos e resolvi fazer uma lista dos que lembro:

Formiga Atômica; A tartaruga Touché; Acqua Man; As aventuras de Batman e Robin;

As aventuras de Guliver (nossa...não acredito que eu lembro disso);

Bambam e Pedrita; Bibo Pai e Bóbi Filho; Caça Fantasmas; Capitão Caverna;

Cavalo de Fogo - eu adorava a Sara, uma menina de 13 anos que vivia num rancho em Montana, com seu pai (adotivo!?!), quando descobre sua verdadeira identidade. Tinha também a Diabolin, aquela feiosa má que morriiiia de inveja da Sara! Nooooossa...muito bom!;

Chaves - Classico indiscutível...agora em desenho!; Chumbinho e Bacamarte;
Cavaleiros do Zodíaco (eu tinha uma das armaduras do Pegasus...eu brincava feito um muleque...que decepção quando minha mãe via a filhinha toda rosadinha brincando de bater no adversário que era meu primo Polaco);

Coragem o cão covarde; Don Pixote;

Eufrasino - nunca gostei muito desse...sempre trocava de canal rs;

Faísca e Fumaça; Pica -Pau;

Popeye - até hoje como espinafre por causa dele (rs);

Frangolino; O sítio do Pica-Pau amarelo ( eu só assistia porque meu irmão gostava e não me deixava trocar de canal);
Gaguinho e Patolino - como eu tinha raiva desse Gaguinho hahahaha;

He-man e She- Ra; Jambo e Ruivão; Ligeirinho (bonitinho demais); Lippy e Hardy;

Luluzinha...(amaaaaaaaaaaaaaaaaaaava!!!);

Ursinhos Carinhosos - 5,4,3,2,1!!!!!!;

Picolino; Punky - a levada da Breka (a garota tem estilo);

Smurfs (o uniforme do colégio que eu estudava era parecido com os smurfs...tanto que o colégio quase trocou de nome para "Os Smurfs");

Snoopy; Snorks; Jetsons; Simpsons; Flinstones;

Thundercats - eu tinha uma lancheira deleees, ta...eu sei, menina não deveria ter lancheira de thundercats....mas eu gostava! rs;

Ursinhos Gummi; Zé Colméia;

Muppet Babies - a meia listrada da babá...eu sempre quis conhecer a cara da babá! Como eu amava o gonzo!; O palácio da Barbie (não perdia nenhum);

E pra terminar:


Kissy Fur - o melhoooor!!!!!


Vai pensando...


Se eu pareço flor delicada? Não se engane, meu amor!

Sou flor selvagem que nasce na grama curtida pelos temporais...e quaaaaantos temporais, vai pensando...
Se pareço mimada? Sim...e muito. Mas sei bem onde começa o seu direito.

Posso até sumir no fogo, desaparecer na neve... mas uma hora retorno sorrindo.
Posso às vezes parecer flor rala, mas que não se cala diante da dor!
E não me omito frente às injustiças...Porque não entendo de morte, entendo de vida...
E vida bravia que não se curva à sorte!

Choro, sempre choro de dor e felicidade...não prendo emoções.
Sou impulsiva com limites. Apegada ao amor.
Humildade me cativa. Simplicidade enobrece.
Arrogantes me embrulham o estômago...

A riqueza está no caráter, no coração.
A fé transforma; sofrimento amadurece.
E quanto mais vivo, mais vejo que não sei de nada.
Vaidosa? Extremamente.
Louca por crianças. Cativada pelos animais.
Cara de boneca; delicadeza de um dragão.

Se mil vezes me amassarem,
Se mil e uma me humilharem,
Mil e duas vezes levanto e cantando o mesmo canto de superação! Sabe por quê?

"Porque Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve". - Jesus Cristo
A Sua graça e o Seu amor me basta!

sábado, 28 de março de 2009

Como fazer uma mulher feliz!




Talvez não haja um caminho seguro para o coração de uma mulher, mas fazer uma mulher feliz é fácil...

Só é necessário ser:
1) Amigo
2) Companheiro
3) Amante
4) Irmão
5) Pai
6) Chefe
7) Educador
8) Cozinheiro
9) Mecânico
10) Encanador
11) Decorador de Interiores
12) Estilista
13) Eletricista
14) Sexólogo
15) Ginecologista
16) Psicólogo
17) Psiquiatra
18) Terapeuta
19) Audaz
20) Simpático
21) Esportista
22) Carinhoso
23) Atento
24) Cavalheiro
25) Inteligente
26) Imaginativo
27) Criativo
28) Doce
29) Forte
30) Compreensivo
31) Tolerante
32) Prudente
33) Ambicioso
34) Capaz
35) Valente
36) Decidido
37) Confiável
38) Respeitador
39) Apaixonado

Além disso:
- Não cuspa no chão;
- Não coce o saco na frente dela;
- Não arrote alto. Aliás, NÃO ARROTE;
- Dê flores e muitos.. Muitos presentes;
- Levante a tampa do vaso antes de fazer xixi;
- Deixe ela ter ciúme de você, ela pode;
- Use desodorante (que preste);
- Sempre dê descarga;

- Não fale palavrão;
- Não seja engraçadinho com os outros;
- Não tenha ciúme dela;
- Não fique barrigudo. Aliás, não engorde;
- Não demore no banho;
- Não chegue tarde em casa.
- Saia para trabalhar e volte correndo;
- Não seja pão-duro. Use pelo menos 2 cartões de crédito;
- Não diga que mulher não sabe dirigir;
- Não olhe para outras mulheres… Aliás, não existem outras mulheres;
- Aprenda a cozinhar;
- Diga ‘eu te amo’ pelo menos 05 vezes por dia;
- Lave a louça;
- Ligue para ela, de qualquer lugar;
- Deixe ela conversar durante horas ao telefone;
- Não ronque;
- Não seja fanático por futebol;
- Faça a barba todos os dias para não arranhá- la;
- Nunca reclame de nada;
- Repare quando ela cortar o cabelo, mesmo que seja apenas as pontinhas, e diga sempre que ficou lindo…

E é muito importante ainda não esquecer as seguintes datas:
Aniversário, noivado, casamento, formatura, menstruação, data do primeiro beijo;
Aniversário da mãe, tia, irmão ou irmã mais querida;
Aniversário dos avós, da melhor amiga… E do cachorro, se tiver (mesmo que seja o de pelúcia).

sexta-feira, 27 de março de 2009

O amor...


Amor não se conjuga no passado... ou se ama para sempre, ou nunca se amou de verdade.

Porém, apenas algumas pessoas tem o privilégio de amar de verdade aquele que o ama da mesma forma...

Almas gêmeas? Não... ninguém totalmente igual ao outro consegue se sentir interessado.

Destino? Quem o faz?
O amor que não se esquece, que não substitui. Amor que supera, que persiste...
Lutar contra? Quem consegue?

O verdadeiro amor não se esquece, não passa, não cura!


Fundamentos do verdadeiro amor!

quarta-feira, 25 de março de 2009

Amanheceu...



e o dia nasceu sorrindo!

Com dor na gengiva e com uma das bochechas inchadas...mas sorrindo!




Sorriso torto....mas feliz...


terça-feira, 24 de março de 2009

Ai que sonooooo!


Imagine dormir apenas 3 horas durante a noite...o dia passa a ter 500 horas e voce esta imprestável para fazer e até pensar em qualquer coisa, nao é a toa que a única coisa que consigo escrever agora é sobre o sono! rs


Dormir não é simplesmente uma necessidade de descanso mental e físico... durante o soninho ocorrem vários processos metabólicos que, se alterados, podem afetar o equilíbrio de todo o organismo a curto, médio e, mesmo, a longo prazo.

Estudos provam que quem dorme menos do que o necessário tem menor vigor físico, envelhece mais precocemente, está mais propenso a infecções, à obesidade, à hipertensão e ao diabetes .

Cada um necessita de um determinado período de sono, o meu deve ser de 10 horas!!!!
Alguns fatos comprovados por pesquisas podem nos dar uma idéia da importância que tem o sono no nosso desempenho físico e mental. Por exemplo, num estudo realizado pela Universidade de Stanford, EUA, indivíduos que não dormiam há 19 horas foram submetidos a testes de atenção. Constatou-se que eles cometeram mais erros do que pessoas com 0,8 g de álcool no sangue - quantidade equivalente a três doses de uísque (Cronfli, 2002).


Igualmente, tomografias computadorizadas do cérebro de jovens privados de sono mostram redução do metabolismo nas regiões frontais (responsáveis pela capacidade de planejar e de executar tarefas) e no cerebelo (responsável pela coordenação motora). Esse processo leva a dificuldades na capacidade de acumular conhecimento e alterações do humor, comprometendo a criatividade, a atenção, a memória e o equilíbrio (Cronfli, 2002).


Sério mesmo....estou morrendo de sono!








segunda-feira, 23 de março de 2009

Relacionar-se




Num determinado momento da vida você começa a refletir sobre as coisas que tempos atrás pareciam mais simples e na verdade são, desde que nossa incrível capacidade de complicar as coisas não interfira.

Todo relacionamento exige confiança para que tenha sucesso, sem falar nas outras questões básicas como: respeito, cumplicidade, fidelidade, amor, paixão etc...

A falta de confiança (tanto a auto-confiança como a confiança no outro) te impede de desenvolver a plena intimidade emocional, viver com medo de perder a pessoa que ama ou ter medo de fazer papel de bobo porque está apaixonado é deixar de viver o que se sente.
Claro que é sempre necessário cautela, viver na "cegueira" não é saudável, mas agir com medo de perder, demonstrar algo que não tem vontade, se fingir de indiferente quando a vontade é dizer que ama...além de ser uma forma de manipulação, faz muito mal pra quem decide viver dessa forma. Você acaba perdendo por medo de perder.

Todos nós nos decepcionamos, faz parte da vida....quem vive com medo de se entregar de forma 'louca' e 'descontrolada' (no bom sentido) não vive. Concordo que seja um risco muito grande...mas caso não der certo ou se você for rejeitado e desvalorizado, pelo menos você viveu, você tentou, você aproveitou todo aquele sentimento e de forma intensa....isso é viver, você foi feliz nesse tempo!

Quem vive se controlando para não demonstrar demais um amor, não confia em si mesmo, principalmente na capacidade de superação...caso seja necessário!

Expressar sentimentos de forma inteira não é sinal de fraqueza, muito pelo contrário, é uma fortaleza incontestável. Se entregar e saber que está totalmente vulnerável e mesmo assim achar que vale mais a pena viver intensamente seus sentimentos do que se privar disso por auto-defesa é uma atitude de pessoas ultra seguras e emocionalmente saudáveis. Já dizia o ditado: "Confie no seu taco"... pois é mais ou menos por aí!

Acredito que agindo dessa forma, a outra parte acaba por se sentir segura também e demonstre mais os sentimentos, se dedique mais... Segurança gera segurança, isegurança gera insegurança...

Não tenha medo de amar, o amor não tem limites para o bem....por que suas demonstrações e atitudes teriam? Não seria coerente se assim fosse.

Nunca se esqueça que você nunca sabe o que acontecerá no dia de amanhã. O ideal não é esperar grandes mudanças para produzir grandes atitudes.
Hoje você tem seus filhos, sua namorada, seu marido, seus pais, seus amigos e colegas de trabalho. Eles são um grande tesouro. Mas será que você tem explorado esse tesouro? Será que você não vive se defendendo e acaba por não demonstrar demais seus sentimentos? E quando esse pai for embora e você não puder mais abraçá-lo? E quando sua namorada se sentir desvalorizada e resolver tentar com outra pessoa?
Até quando você terá chance de demonstrar seus sentimentos?
Saia do labirinto...seja livre e refaça a sua agenda...priorize aquilo que realmente faz diferença na sua vida!
Saia para amar, conquistar novos caminhos, abrir novos horizontes, seja o líder de seu mundo.

Assuma os riscos e viva!

O Mala


1. Almoço em grupo. Mesa retangular. Um de seus colegas, o Fulano, se senta numa das pontas da mesa. A primeira coisa que você diz é: 'O Fulano vai pagar a conta!'. Você é um MALA!

2. Início da madrugada. 1h16 a.m. Alguém lhe diz: 'cara, amanhã vou acordar às 7h'. Você se apressa em dizer:' Amanhã não. Hoje!'. Você é um MALA!!
3. Quando você convida alguém para almoçar e esse alguém lhe esclarece que já almoçou. E você solta a frase: 'Então você já está comido?'. Você é um MALA!!
4. Ou pior, o seu amigo chega atrasado no serviço e diz sorrindo: 'Bom dia!!!' e você responde: 'Boa tarde !!!'.Você é um MALA!!!

5. Quando as pessoas estão cantando parabéns, você tenta embolar a cantoria, gritando os versos do início da música, enquanto todos já estão no meio da canção. Além de manezão!Você é um MALA!!!

6. Você fica rindo quando um homem diz que tem 24 anos, aludindo ao número do veado no jogo do bicho.Você é um MALA!!!

7. Você faz alguma piada quando alguém diz que é do signo de virgem.Vai ser MALA assim na casa do...Alfredo!

8. Você diz para um amigo: 'Se esconde !!!' quando passa o carro da polícia.Você é um MALA!!!

9. Quando uma mulher diz que está 'de saco cheio', você diz que isso não é possível porque ela não tem saco. Precisa dizer de novo ? Seu MALA!

10. Se a anfitriã anuncia: 'Temos pavê de sobremesa' e você pergunta: 'é pra vê ou pra comer?Além de xarope, como você é MALA !!!

Sem palavras

video

Não existem palavras para esse vídeo, quando o assisti meus olhos se encheram de lágrimas.

O amor rompe barreiras!

domingo, 22 de março de 2009

Felicidade Pega!


Hoje pela manhã estava lendo a Folha de S.Paulo e encontrei uma artigo muitíssimo interessante escrito pela Danuza Leão. Colocarei aqui alguns trechos.


Fácil não é,mas existem maneiras de procurar a felicidade. A primeira coisa - é tentar só ter como amigos gente com a vocação da felicidade. É claro que às vezes eles passam por problemas, e devemos ser solidários nesses momentos. Mas existem pessoas que nascem de baixo-astral, sempre se queixando de tudo, só falando de problemas e tristezas. Se você conviver muito com pessoas assim, pode saber que vai ficar mal. Aliás, gente assim só gosta de se dar com pessoas como elas; quem, nascido com o DNA lá em baixo, vai suportar ser amiga de quem é feliz, otimista, que vive rindo e achando a vida boa?

E não falo só de amigos: se o seu tintureiro se queixa o tempo todo da vida, o professor de ginástica só conta desgraças, a faxineira, as doenças dela e da família inteira, troque, mesmo com dó e piedade. Você tem que se defender, e uma das maneiras é se afastar, fugir, não chegar nem perto.


...e descobri que felicidade e tristeza são tão contagiantes quanto o sarampo.


Lendo esse texto pude me lembrar de algumas pessoas que conheci, como é chato conviver com pessoas assim, não?

Gosto de gente que dá risada, que ri do pouco...que por mais que esteja acontecendo coisas turbulentas em sua vida, por mais que essa pessoa chore escondido por aí ou mesmo na sua frente, logo ela solta um sorriso do nada...e diz: "Ah...fazer oq? A vida é assim...vamos seguir, tô na pixta" hahahahaha


Você é o que você pensa dentro de si.

sábado, 21 de março de 2009

Sua vida num parágrafo!


Na minha opinião a 'astrologia' é uma pseudo-ciência que se utiliza de maneira mística dos conhecimentos de astronomia (uma ciência maravilhosa e de extrema importância para a física, matemática e biologia).

Não, não acredito em horóscopos e isso não se deve ao fato de ser 'crente'. Falando nisso, você crê no Deus? Sim? Então você também é crente, meu 'bein'! Não vou discutir doutrinas aqui. Esqueça esse fato e eu vou te falar o por quê!


Respeito a opinião das pessoas, sou contra qualquer tipo de preconceito, mas tenho o direito de pensar, analisar, avaliar e decidir no que 'perderei' meu tempo ou no que não 'perderei'.

No caso, o fundamento de uma elaboração de horóscopo é o que me incomoda. Essa pseudo-ciência tenta estabelecer relações entre o comportamento humano e as posições dos astros, tentando fazer previsões e predições baseadas nesses dados.

De verdade, não perco meu tempo vendo horóscopos em revistas, jornais, folhetos etc etc....acho que por mais que algumas revistas só saibam falar sobre capítulos de novelas, fofocas, matérias inúteis em geral, acredito que tudo é mais interessante do que ler esse tal de horóscopo. Pra ser sincera, sempre existirá algo mais inteligente a fazer do que ler um horóscopo. Mas entendo que ele rende uma graninha estável pros que escrevem. Quando são os tais astrólogos, é claro!


O foco do horóscopo não é mais fazer previsões (acho que as pessoas que os elaboram perceberam que o público anda ficando menos ingênuo), e agora focam mais em “tendências psicológicas”, em geral de maneira elogiosa, pra que ninguém se sinta ofendido ou decepcionado...contrariar o leitor pode afastá-lo.

Eu apenas não consigo entender como algumas pessoas acreditam que são mais ou menos impulsivas, inteligentes, espertas, lerdas, calmas, ansiosas e por aí vai, apenas porque seu 'signo' é tal.

Genteeeem, personalidade é um conjunto de características psicológicas que determinam sua individualidade e isso se dá de forma gradual, com o passar dos anos, através de fatores externos, grupos sociais frequentados, família, criação, desenvolvimento intelectual, socialização em geral... E mesmo assim você acha que o que determina seu jeito de agir é porque o seu signo é de cobra, lagarto, papagaio ou periquito? Pô...joga no bicho que pelo menos você corre o risco de ganhar uma graninha...

Dizem que pesquisadores da área da física e médica costumam fazer cara de "nada a ver" para astrologia (mais especificamente a fundamentação dos horóscopos)...e não é por pertencer a esse meio que tenho essa opinião. Veja bem, esses dias vi uma pessoa comparando a 'astrologia' com a meteorologia.

Vamos separar:

A Meteorologia é uma ciência EXATA, não porque as previsões sejam exatas, mas porque ela oferece os MEIOS LÓGICOS de prever e estimar o erro da previsão. Portanto um meteorologista não diz "amanhã vai chover", e sim, existe 70% de chance de chuva amanhã. Neste sentido nenhum dos experimentos realizados até hoje com a astrologia foi capaz de mostrar certeza maior do que a que se consegue por puro PALPITE...qual a porcetagem de acerto de um palpite? Depende do que você quer ouvir ou de como você quer parecer!


Qual meu signo? Qual a ascendência do meu signo?

Ah....pergunte algo mais interessante!


sexta-feira, 20 de março de 2009

Confiança


Acredito que a partir do momento que você assume um relacionamento com alguém, seja esse alguém um amigo(a) ou um namorado(a) isso presume respeito, sentimento e doação.
A desconfiança desgasta qualquer relação e sempre causa stress.

Muitas pessoas confiam cegamente em outras, não acho que seria o mais saudável e inteligente agir dessa forma. Mas a confiança racional, essa sim é saudável.

Muitas pessoas acabam brincando com esse lance de confiança, exigem confiança e não aparentam ser confiáveis. Na vida, o que reflete sua personalidade e caráter são suas atitudes, seu comportamento, sua POSTURA....acredito que a postura diz muito mais do que qualquer conversa.

É necessário passar confiança e isso se dá através da sua postura, não tem como ser contraditório e confiável ao mesmo tempo. A coerência prova se alguém é de confiança ou não.

Assumir um relacionamento (amoroso ou afetivo) sem confiança é como se junto uma barreira fosse introduzida, ninguém se entrega por completo sem ter confiança, o ser humano é instintivamente defensivo.

E, se por acaso, fizermos a burrada de assumir relacionamentos desse tipo, as cobranças e os conflitos não demoram para aparecer, o desgaste acaba destruindo sem nenhum esforço.
Não importa o que você fale, se você não tiver uma POSTURA coerente de nada adianta.

Como citei no 'post' passado : "Quem é de verdade sabe quem é de mentira". Se tentar disfarçar, não demora muito para que ele perceba.


Por conta e risco de cada um!!!

quinta-feira, 19 de março de 2009

O Preferido


Têm dias que eu só penso nisso...

Principalmente porque alguns de seus componentes ativam a produção de serotonina, uma substância relacionada às sensações de prazer e bem-estar.


Antiiiiigo esse aí, mas continua sendo meu chocolate preferido!!!

Aprendi...


“ Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém. Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência, para que a vida faça o resto.
Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.
Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos.
Que posso usar o meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando.
Eu aprendi que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida.
Que por mais que se corte uma pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho.
Aprendi que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência. Mas, aprendi também que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei.
Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles.
Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sente.
Aprendi que perdoar exige muita prática.
Que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso.
Aprendi que nos momentos mais difíceis, a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas.
Aprendi que posso ficar furioso, tenho o direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel.
Que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis, pois seria uma tragédia para o mundo se eu conseguisse convencê-la disso.
Eu aprendi que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, e que eu tenho que me acostumar com isso.
Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro.
Aprendi que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso.
Eu aprendi que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulto;
Aprendi que numa briga preciso escolher de que lado eu estou, mesmo quando não quero me envolver.
Que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem.
Aprendi que por mais que eu queira proteger os meus filhos, eles vão se machucar e eu também. Isso faz parte da vida.
Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes.
Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio.
Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério.
E que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos.
Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre.
Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito.”

William Shakespeare

quarta-feira, 18 de março de 2009

Mudanças


Creio sim que ninguém muda ninguém. Creio também que ninguém muda sozinho.

A gente mesmo muda no decorrer do caminho, mudamos sim nos encontros...a gente mesmo muda.

Já percebeu que é nos relacionamentos que mudamos sempre alguma coisa? Não discuto se é pra melhor ou pior, digo apenas que mudamos.

Desde que estejamos abertos, livres e desde que não nos consideramos pessoas 'autosuficientes', somos transformados a partir dos encontros...isso se você deixar ser impactado!
"Por um acaso você já viu a diferença que há entre as pedras que estão na nascente de um rio,e as pedras que estão em sua foz? As pedras na nascente são toscas, pontiagudas, cheias de arestas. À medida que elas vão sendo carregadas pelo rio sofrendo a ação da água e se atritando com as outras pedras, ao longo de muitos anos, elas vão sendo polidas, desbastadas."

Somos como as pedras, sem os contatos humanos nossa vida seria sem graça, inerte, monótona e sem aprendizado, sem crescimentos...

A gente começa a assimiliar que não existem sentimentos, bons ou ruins, sem a existência do outro. O bom seria tão corriqueiro e desvalorizado sem a existência do ruim...como dizia a música: "quem é de verdade sabe quem é de mentira".

Passar a vida com medo de frustrações, decepções, arrependimentos, impedindo contatos mais próximos, mais íntimos....é não evoluir, não crescer, não viver. E tem gente que passa a vida inteira remoendo frustrações passadas, cegando o presente e o futuro... vivendo sempre na defensiva, mas defensiva do que? A vida já não é um risco?

Quando eu olho para trás,vejo que hoje carrego no que eu sou marcas (algumas profundas e outras superficiais) de pessoas extremamente importantes. Elas me permitiram dar forma ao que sou, não seria a mesma hoje sem elas. Me transformei em alguém melhor, mais suave, mais harmônico, mais integrado. Outras, sem dúvidas, com suas ações e palavras me criaram novas feridas,que precisaram ser curadas. FAZ PARTE!

A gente sempre cresce nos momentos difíceis. Inteligentes os que aprendem com os próprios erros, sábios os que aprendem com os erros dos outros.

Sempre começamos a jornada da vida como pedras cheias de pontas, cheias de excessos. Quando finalmente aceitamos que somos pequenos, dada a compreensão da existência e importância do outro,e principalmente da grandeza de Deus,é que finalmente nos tornamos grandes em valor. Coitado do ser que diz não precisar de Deus!

Deus deu a cada um de nós a capacidade de amar...Mas temos que aprender como. Pra chegarmos a esse âmago, temos que nos permitir, através dos relacionamentos, ir tirando todos os excessos que nos impedem de usá-lo, de fazê-lo brilhar.

E envolvimento gera atrito. ATRITE-SE! APRENDA! CRESÇA!





segunda-feira, 16 de março de 2009

Saco cheio!


Saco cheio de um jeito maneiro
Coisas que enchem o saco por inteiro!


Nem o organismo vivo é tolerante, nem mesmo do ser humano....o mais complexo e elaborado.
Intolerância à lactose ( incapacidade de DIGERIR a lactose);
Intolerância à glicose (deficiência da produção e/ou ação da insulina, que por sua vez, NEUTRALIZA a glicose);
Intolerância à um monte de "oses"!!!
Quanto mais uma mente estressada, uma emoção flutuante devido à situações adversas ou mesmo devido a disfunções hormonais...
A mente também não digere tudo sempre, nem vive neutralizando o tempo todo situações difíceis. Aí depois de várias "lactoses" e "glicoses" da vida....vc desenvolve o "saco cheio"!


Quem é sempre tolerante que atire a primeira pedra!

domingo, 15 de março de 2009

Pensamento do dia: Em movimento!


E xistem dois importantes princípios que deveriam governar suas decisões.
Primeiro: A direção só acontece quando as coisas estão em movimento. Um carro estacionado não precisa de direção; uma vez, porém, que o motor está em funcionamento e as rodas começando a se mover, só então você poderá e deverá mover o volante na direção que deseja atingir.

Segundo: Ninguém se movimenta sem que primeiramente tome a decisão de se movimentar. Se deixada à merce das circunstâncias e das influências exteriores, certamente que lhe faltará direção. Tudo o que você irá conseguir será um derivar sem propósito ou alvo algum. Essa é a razão de ser tão perigoso evitar tomar decisões vitais. Tentar manter-se seguro é a fórmula segura para o fracasso. Lembre-se de que o progresso científico vem como resultado de pesquisa; ou seja: muitos erros no processo do acerto.


Centenas e centenas de erros e falhas experimentais são necessárias para uma pequena descoberta. Portanto, não tenha medo: continue com a cabeça erguida, olhos voltados para o alto, coração confiante nas promessas de Deus. Prossiga se movimentando, e a vitória certamente será parte integrante da sua história!


Não desista no fim do primeiro tempo; concentre-se em ganhar no segundo tempo. Paul Bryant - Nélio

quarta-feira, 11 de março de 2009

Chatisse


Você sabe qual é o cúmulo da chatisse?

Não?? Tem Certeza?? Absoluta?? Ninguém ainda te contou?? Certeza?? Eu ainda não acredito que você não conhece!!!! Você tem certeza absoluta que ainda não conhece o cúmulo da chatisse??

Pois é....é esse o negócio!!!



O chato sempre dá um de sabido, sabe aquelas pessoas que acham que sabem tudo? Que são última celulite da Carla Perez e que não fazem questão nenhuma de perguntar se você está interessado em ouvir tudo aquilo?

Quando ele chega todo mundo faz cara de bolinho e finge falar no celular...de tão prazeroso que é ficar ao lado dele. Normalmente ele é espalhafatoso, gosta de contar vantagens, se mete na vida de todo mundo, fala do tio da amiga do namorado da prima, curte a música que você curtir, gosta das pessoas que você gostar...mas no fundo ele não curte muito você e todo mundo (menos você) sabe disso!

Se é mulher, adooooooooooora falar da roupa curta, da forma 'vulgar' e do baton vermelho da garota da festa...só que na verdade ela gostaria mesmo é de ser igualzinha e não tem coragem ou condições.

Se é homem, qualquer ator global acima de 1.80 é homosexual....só que na verdade o que ele mais gostaria é ter uma única célula epidérmica facial do galã.

Quando vão na sua festa, comem, bebem, dançam, xavecam todas (ou todos) e depois de tudo ainda falam que sua festa foi muito da funréca e que a comida estava ruim.

Adora um "bafão" (bafón...de fofoca rs), mas quando é na família dele ou com ele...impressionaaaante como ele muda e até diz:
"Ema, ema, ema...cada um com seus problemas."

Se acha o centro do mundo...todo mundo tem que se adequar as atividades, estilo e preferências dele.


O traço de personalidade ou a imagem social adquirida de “chato” existe a partir do momento em que reconhecemos se tratar aí de uma ‘falta de educação’. Na verdade, “má formação” porque hoje se entende que a educação acontece sempre, pelo ‘direito’ ou pelo ‘avesso’, pelo ‘certo’ou pelo ‘errado’. Ou seja, acontece educação através de relações humanas que se desenvolvem no lar ou nas ‘febens’, nas escolas ou assistindo televisão ou jogando videogames, etc. E, o que isso tem a ver com gente chata? Tuuudoooooooo!!!!


Existencialmente, uma pessoa adulta se faz de chata, como opção racional pela não razoabilidade da convivência social. Quanto mais um sujeito faz opção pela racionalidade, mais ele tende a se afastar da 'razoabilidade', caminho ‘natural’do desenvolvimento do jeito chato de ser-no-mundo.

A solução?


"Há que aprender a desfrutar da chatisse"

sábado, 7 de março de 2009

A criança sempre brinca com o coração



Existe algo mais puro, maravilhoso e edificante do que uma criança?
Creio que não!






Puro, porque tudo o que ela faz é espontâneo e sem maldade. Ela acredita, espera, confia.
Ela sabe embrulhar desapontamentos e abrir caixinhas de surpresas.
Ela cola o nariz na vidraça e espia o dia lá fora...
Ela olha e não vê o perigo...
Ela canta fora do tom e dá risadas se alguém corrige...

Maravilhoso, porque é nela que os sonhos tomam vida.
Ela tem o dia mais feliz da vida, todos os dias. Ela fica de mãos dadas com a vida na melhor das intenções.
Ela é inesquecivelmente feliz com muito pouco....
Come algodão doce e se lambuza...

Edificante, porque basta olhar para os olhinhos dela que você tem a CERTEZA de que Deus existe.

Ser criança é comer pipoca, é tirar meleca do nariz sem se importar com ninguém, é falar tuuuudo errado, é estar com a roupa sempre suja, é recusar os legumes e só querer o McDonald´s, é ter medo de bicho-papão, é brincar de pega-pega, pique-esconde, amarelinha, lencinho branco... é fazer bico quando quer algo, é dar "upaaaa" ao invés de um abraço....
Ser criança é a melhor coisa do mundo!


Ser criança é o que a gente nunca deveria deixar de ser.

sexta-feira, 6 de março de 2009

A verdadeira elegância


Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez, por isso, esteja cada vez mais rara e fora de moda: é a elegância do comportamento…
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples “obrigado” diante de uma gentileza…
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma, nem fotógrafos por perto. É uma elegância desobrigada…
É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam, nas pessoas que escutam mais do que falam…
E quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades, normalmente ampliadas no boca a boca…
É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas…
Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores, porque não sentem prazer em humilhar os outros…
É possível detectá-la nas pessoas pontuais. Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem presenteia fora das datas festivas, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte, antes, quem está falando e só depois manda dizer se está ou se não está…
Oferecer flores é sempre elegante. É elegante não ficar espaçoso demais…
É elegante você fazer algo por alguém, e este alguém jamais saber o quanto você teve que se desdobrar para o fazer…
É elegante não mudar seu estilo, apenas para se adaptar ao outro…
É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais… É elegante retribuir carinho e solidariedade..


“É elegante o silêncio, diante de uma rejeição…”


Sobrenome, jóias e nariz empinado, não substituem a elegância do gesto…
Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante…
É elegante a gentileza. Atitudes gentis falam mais que mil imagens.
Abrir a porta para alguém, é muito elegante. Dar o lugar para alguém se sentar, é muito elegante…
Sorrir sempre é muito elegante e faz um bem imenso para a alma…
Oferecer ajuda, é muito elegante… Olhar nos olhos ao conversar, é essencialmente elegante…
Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural pela observação, mas tentar imitá-la, é improdutivo…
A saída é desenvolver, em si mesmo, a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado "brucutu", que acha que “com amigos”… não tem que ter estas coisas…
Se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os desafetos é que não irão desfrutá-la…

Educação enferruja por falta de uso…
E…, um detalhe: não é frescura.

(Medeiros)

quinta-feira, 5 de março de 2009


"Aprenda que uma pessoa pode ferir seu corpo, mas jamais poderá ferir sua emoção, a não ser que você permita."

(Dr. Augusto Cury)

quarta-feira, 4 de março de 2009

Momento Retrô - Kissyfur


Quem lembra?


Meu desenho predileto, até hoje não esqueço....pena que não passa mais!!!

Esse desenho animado era exibido pelo SBT no fim dos anos 80 e produzido por Phil Mendez que contava as aventuras de um urso e seu pai, após um acidente onde morria a mãe do pequeno ursinho. O desenho teve uma temporada em 86, voltou em 88 e durou dois anos, até parar de ser produzida.


Kissyfur e seus pais trabalhavam em um circo. Numa viagem, um temporal provoca o tal acidente. Ele e o pai Gus vão parar numa floresta, onde eles conhecem outros animais como a coelha Beehonie, o porco Duane e o javali Lenny. Além dos vilões Jolene e Floyd (que eram jacarés com sotaque caipira). Entre os dubladores do desenho estão Nelson Machado, no papel título, e Mario Villela, como Lenny. Machado é o dublador do Quico do seriado “Chaves”, e Villela dublava Nhonho e Seu Barriga.


Me lembro que todo domingo pela manhã, antes de ir pra escola dominical da minha igreja, eu corria para a cama dos meus pais, deitava no meio deles e ligava a TV nesse desenho....como eu amaaaaava. Muita saudade, muitas lembranças lindas desses momentos!!!!!!

Arrogância


Quase sempre minha mãozinha coça para escrever algumas coisas, essas que me incomodam demais...

É essa falta de humildade, esse orgulho excessivo, essa soberba, esse excesso de vaidade que muitas pessoas tem...não cito nomes, cada um que avalie a si mesmo. né?

Muitos não chegaram a sábios e poderiam ter sido se não dessem a entender que já eram.

O arrogante
Lá vai a lista das características:

- Quando o "sabe-tudo" fracassa, a culpa é dos outros ou a sorte não o acompanhou
- Ele cobiça o sucesso dos outros, mas é claro que não assume isso, “afinal ele é a personificação do sucesso”
- Quando reconhece um erro, o que é muito raro, justifica-o mentindo ou omitindo detalhes
- Exige ser ouvido, mas não dá ouvidos à ninguém
- Quando solicita opinião, é apenas um meio de autoafirmação. Seu desejo é ser aprovado, caso contrário desconsidera a opinião dada
- Humilha e destrata quem o desagrada ou tem opinião diferente da sua
- Acha que tem controle sobre tudo, inclusive sobre as pessoas
-
Tem solução para os problemas alheios, mas jamais consegue resolver os seus (sabe aquele dedinho que julga e na verdade a vida dele é uma lama só?)
- A sua palavra obrigatoriamente prevalece sobre qualquer outra
- Sempre enaltece suas
supostas qualidades
- No auge de sua falsa modéstia, diz que seu maior “defeito” é ser perfeccionista
- Critica à todos, porém desconhece o que seja autocrítica
- É egoísta, mas exige solidariedade das pessoas
- É mentiroso e acredita na própria mentira
- Não é respeitado e sim, temido
- Dificilmente agradece por um favor recebido, pois jamais reconhece que o recebeu
- Se considera o melhor amigo, o melhor conselheiro, o melhor filho, o melhor pai, o melhor marido, o melhor amante, o melhor profissional, o melhor sujeito e por isso raramente muda de atitude
- Passa a vida pensando que é querido por todos, quando na verdade é odiado por muitos
- Muitas vezes, tem uma vida infeliz ou medíocre, se achando a pessoa mais feliz do mundo
- O arrogante termina a vida se arrependendo tarde demais por tudo o que causou aos outros e à si mesmo


Você prefere ter sempre a razão ou prefere ter sempre amigos?. Nem passa pela nossa cabeça que é possível criar uma sociedade em que se possa ter ambos. O único consolo é que os arrogantes e prepotentes, pelo jeito, não têm amigos VERDADEIROS. Amigos que tenham a coragem de dizer a verdade, em vez dos puxa-sacos e acólitos que os rodeiam. Os famosos "baba-ovos", "fazedores de média"...por qual razão? Sei lá, tem tantas...ou porque tem um carguinho qualquer numa empresa, numa instituição, numa comunidade. Ou porque esses "seres diferenciados e portadores de uma sabedoria inabalável" incorporam tanto o personagem que algumas pessoas mais inocentes acabam acreditando que são assim mesmo...
Entre na intimidade dele ou dela para você ver.
Agindo dessa forma, eles até conseguem o que querem a curto prazo, mas há longo prazo perdem o que há de mais precioso na vida: a amizade, o respeito e o carinho dos outros. Os fracassos são sempre justificados e cada justificativa incabível, gerando outro fracasso....

Agem com arrogância os que ensinam aos outros o que eles próprios desconhecem. Quem não sabe para si, não ponha escola....não finja, não é vergonha errar, não é vergonha assumir erros, não é vergonha pedir perdão...

Existem aqueles com mestrado e Ph.D. que acham equivocadamente que foram ungidos pela certeza infalível. Nosso sistema de ensino valoriza mais a certeza do que a dúvida. Valoriza mais os arrogantes do que os cientificamente humildes. É fácil identificar essas pessoas, elas jamais colocam seus e-mails ou endereços nos artigos e livros que escrevem. Para quê, se vocês, leitores, nada têm a contribuir?

Creio que a arrogância é um gritante complexo de inferioridade.

Cuidado...o "sabe-tudo" certamente olhará para este texto e dirá que é arrogância o que foi escrito ou simplesmente continuará justificando seus atos e tentando mostrar qualidades onde não existe.

"A arrogância é o reino - sem a coroa."
(Textos Judaicos)

Dica de beleza!


O melhor creme de beleza é uma consciência limpa.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Uma carta para Paulo



Tenho uma efusiva admiração pelos docentes do Instituto Mackenzie, uma instituição cristã, mais especificamente presbiteriana. E um dia desses recebi esse e-mail interessantíssimo de lá...um pastor escrevendo uma carta para o apóstolo Paulo, um dos discípulos de Jesus. Algumas coisas que andam acontecendo em algumas igrejas andam me deixando abismada, esse texto fala um pouco sobre isso. Achei muito interessante...Quero compartilhar!



Amado apóstolo Paulo,


estou escrevendo para colocá-lo a par da situação do Evangelho que um dia você ajudou a propagar para nós gentios, e que lhe custou a própria vida.
As coisas estão muito difíceis por aqui. Quase tudo o que você escreveu foi esquecido ou deturpado. Você foi bastante claro ao despedir-se dos irmãos em Éfeso, alertando que depois de sua partida lobos vorazes penetrariam em meio à igreja, e não poupariam o rebanho [1]. Palavras de fato inspiradas, pois isso se concretiza a cada dia. Lembra-se que você escreveu ao jovem Timóteo, que o amor ao dinheiro era a 'raiz de todos os males'[2]? Quero que saiba que suas palavras foram invertidas, e agora se prega que o dinheiro é a 'solução' de todos os males. Também é com tristeza que lhe digo que em nossa época ninguém mais quer ser chamado de pastor, missionário ou evangelista, pois isso é por demais humilde: um bom número almeja levar o título de apóstolo.

Sei que em seu tempo, os apóstolos eram 'fracos... desprezíveis... espetáculo para os homens... loucos... sem morada certa... injuriados... lixo e escória' [3]. Agora é bem diferente. Trata-se de uma honraria muito grande: acercam-se de serviçais que lhes admiram, quando viajam exigem as melhores hospedarias e são recebidos nos palácios pelos governantes. Eles não costumam pregar seus textos, pois você fala muito da 'Graça' e da 'liberdade' que temos em Cristo[4]. Isso não soa bem hoje, pois a Igreja voltou à 'teologia da retribuição' da Antiga Aliança (só recebe quem merece), e liberdade é a última coisa que os pastores querem pregar à suas ovelhas.

Você não é bem visto por aqui, pois sempre foi muito humano, sem jamais esconder suas fraquezas: chegou até reconhecer contradições internas, dizendo que não faz o bem que prefere, mas o mal, esse faz [5]. Eles não gostam disso, pois sempre se apresentam inabaláveis e sem espinhos na carne como você. A presença deles é forte, a sua fraca [6], eles são saudáveis, você sofria de alguma coisa nos olhos [7], eles jamais recomendariam a um irmão tomar remédio, como você fez com Timóteo [8], mas aqui eles oram e determinam a cura – coisa que você nunca fez.

Você dizia que por amor de Cristo perdeu 'todas as cousas' considerando-as refugo [9]. As coisas mudaram, irmão. Agora cantamos: 'Restitui, quero de volta o que é meu!'.

Vivo em uma cidade que recebeu o seu nome, e aqui há um apóstolo que após as pregações distribui lencinhos vermelhos encharcados de suor, e as pessoas levam pra casa, como fizeram em Éfeso, imaginando que afastarão enfermidades [10]. Sim, eu sei que você nunca ordenou isso, nem colocou como doutrina para a igreja nas epístolas, mas sabe como é o povo.... Admiro sua coragem por ter expulsado um 'espírito adivinhador' daquela jovem [11], embora isso tenha lhe custado a prisão e açoites. Você não se deixou enganar só porque ela acertava o prognóstico.

Hoje há uma profusão de pitonisas e prognosticadores no meio do povo de Deus, todavia esses espíritos não são mais expulsos, ao contrário, nos reunimos ansiosos para ouvir o que eles têm a dizer para nós.

Gostaria de ter conhecido os irmãos bereanos que você elogiou. Infelizmente, quase não existem mais igrejas como as de Beréia, que recebam a palavra com avidez e examinem as Escrituras 'todos os dias para ver se as coisas são de fato assim'[12].

Tem hora que a gente desanima e se sente fragilizado como Timóteo, o seu companheiro de lutas. Mas que coisa bonita foi quando você o reanimou insistindo para que reavivasse 'o dom de Deus' que havia nele [13]. Estou lhe confessando isso, pois atualmente 90% dos pregadores oferecem uma 'nova unção' para quem fraqueja. Amo esta sua exortação, pois você ensina que dentro de nós já existe o poder do Espírito, dado de uma vez por todas, e não precisamos buscar nada fora ou nada novo!

Nossos cultos não são mais como em sua época, onde a igreja se reunia na casa de um irmão, havia comunhão, orações, e a palavra explanada era o prato principal.... as coisas mudaram: culto agora é 'show', a fumaça não é mais da nuvem gloriosa da presença de Deus, mas do gelo seco, e a palavra é só para ensinar como conseguir mais coisas do céu. O Espírito lhe revelou que nos últimos tempos alguns apostatariam da fé 'por obedecerem a espíritos enganadores' [14]. Essa profecia já está se cumprindo cabalmente, e creio que de forma irreversível.

Amado apóstolo, sinto ter lhe incomodado em seu merecido descanso eternal, mas eu precisava desabafar. Um dia estaremos todos juntos reunidos com a verdadeira Igreja de Cristo.

Maranata!



[1] At 20.23; [2] 1Tm 6.10; [3] 1Co 4.-9-13; [4] Gl 2.4; [5] Rm 7.19; [6] 2Co 10.10; [7] Gl 4.13-15; [8] 1Tm 5.23; [9] Fp 3.8; [10] At 19.12; [11] At 17.18; [12] At 17.11; [13] 2Tm 1.6; [14] 1Tm 4.1.

Homem X Mulher


Esse texto escrito por Victor Hugo é o suficiente para fechar esse 'post'. Ele consegue exaltar a mulher sem menosprezar o homem e, também, exaltar o homem sem menosprezar a mulher. Ambos se encaixam no mesmo plano divino, são partes de um sistema perfeito e completo. Sem machismo ou feminismo...as essencias são diferentes e perfeitas, os papéis se complementam, ambos são igualmente vitais e o sistema se torna irretocável...

"O homem é a mais elevada das criaturas; a mulher é o mais sublime dos ideais.
Deus fez para o homem um trono; para a mulher um altar.
O trono exalta; o altar santifica.
O homem é o cérebro; a mulher o coração, o amor.
A luz fecunda; o amor ressuscita.
O homem é o gênio; a mulher o anjo.
O gênio é imensurável; o anjo indefinível.
A aspiração do homem é a suprema glória; a aspiração da mulher, a virtude extrema.
A glória traduz grandeza; a virtude traduz divindade.
O homem tem a supremacia; a mulher a preferência.
A supremacia representa força; a preferência representa o direito.
O homem é forte pela razão; a mulher invencível pelas lágrimas.
A razão convence; a lágrima comove.
O homem é capaz de todos os heroísmos; a mulher de todos os martírios.
O heroísmo enobrece; os martírios sublima.
O homem é o código; a mulher o evangelho.
O código corrige; o evangelho aperfeiçoa.
O homem é o templo; a mulher, um sacrário.
Ante o templo, nos descobrimos; ante o sacrário, ajoelhamo-nos.
O homem pensa; a mulher sonha.
Pensar é ter cérebro; sonhar é ter na fronte uma auréola.
O homem é um oceano; a mulher um lago.

O oceano tem a pérola que embeleza; o lago tem a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa; a mulher o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço; cantar é conquistar a alma.
O homem tem um fanal, a consciência; a mulher tem uma estrela: a esperança.
O fanal guia, a esperança salva.
Enfim...
O homem está colocado onde termina a terra;
A mulher onde começa o céu...

domingo, 1 de março de 2009

O que realmente importa...


Era uma vez um rei que tinha 4 esposas...

Ele amava a 4ª esposa demais, e vivia dando-lhe lindos presentes, jóias e roupas caras. Ele dava-lhe de tudo e sempre do melhor.

Ele também amava muito sua 3ª esposa e gostava de exibí-la aos reinados vizinhos. Contudo, ele tinha medo que um dia, ela o deixasse por outro rei.

Ele também amava sua 2ª esposa. Ela era sua confidente, seu braço forte e estava sempre pronta para ele, com amabilidade e paciência. Sempre que o rei tinha que enfrentar um problema, ele confiava nela para atravessar esses tempos de dificuldade.
A 1ª esposa era uma parceira muito leal e fazia tudo que estava ao seu alcance para manter o rei muito rico e poderoso, ele e o reino. Mas, ele não a amava, e apesar dela o amar profundamente, ele mal tomava conhecimento dela.

Um dia, o rei caiu doente e percebeu que seu fim estava próximo.
Ele pensou em toda a luxúria da sua vida e ponderou:
- É, agora eu tenho 4 esposas comigo, mas quando eu morrer, com quantas poderei contar?
Então, ele perguntou à 4ª esposa:
- Eu te amei tanto, querida, te cobri das mais finas roupas e jóias. Mostrei o quanto eu te amava cuidando bem de você. Agora que eu estou morrendo, você é capaz de morrer comigo, para não me deixar sozinho?
- De jeito nenhum! respondeu a 4ª esposa, e saiu do quarto sem sequer olhar para trás.
A resposta que ela deu cortou o coração do rei como se fosse uma faca afiada.
Tristemente, o rei então perguntou para a 3ª esposa:
- Eu também te amei tanto a vida inteira. Agora que eu estou morrendo, você é capaz de morrer comigo, para não me deixar sozinho?
- Não!!! A vida é boa demais!!! Quando você morrer, eu vou é casar de novo. respondeu a 3ª esposa.
O coração do rei sangrou e gelou de tanta dor.
Ele perguntou então à 2ª esposa:

- Eu sempre recorri a você quando precisei de ajuda, e você sempre esteve ao meu lado. Quando eu morrer, você será capaz de morrer comigo, para me fazer companhia?
- Sinto muito, mas desta vez eu não posso fazer o que você me pede! - respondeu a 2ª esposa, o máximo que eu posso fazer é enterrar você!
Essa resposta veio como um trovão na cabeça do rei, e mais uma vez ele ficou arrasado.
Daí, então, uma voz se fez ouvir:
- Eu partirei com você e o seguirei por onde você for...
O rei levantou os olhos e lá estava a sua 1ª esposa, tão magrinha, tão mal nutrida, tão sofrida...
Com o coração partido, o rei falou:
- Eu deveria ter cuidado muito melhor de você enquanto eu ainda podia...

Na verdade, nós todos temos 4 esposas nas nossas vidas...
Nossa 4ª esposa é o nosso corpo. Apesar de todos os esforços que fazemos para mantê-lo saudável e bonito, ele nos deixará quando morrermos...
Nossa 3ª esposa são as nossas posses, as nossas propriedades, as nossas riquezas. Quando morremos, tudo isso vai para os outros.
Nossa 2ª esposa são nossa família e nossos amigos. Apesar de nos amarem muito e estarem sempre nos apoiando, o máximo que eles podem fazer é nos enterrar...
E nossa 1ª esposa é a nossa ALMA, muitas vezes deixada de lado por perseguirmos, durante a vida toda, a Riqueza, o Poder e os Prazeres do nosso Ego...
Apesar de tudo, nossa Alma é a única coisa que sempre irá conosco, não importa aonde formos...vivos ou "mortos".
Então...Cultive...Fortaleça...Bendiga...Enobreça...sua Alma agora!!!É o maior presente que você pode dar ao mundo...e a si mesmo!


É o que Deus realmente espera de nós...